Páginas

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Economia Criativa

Muita gente tem criatividade de sobra, outras são natos empreendedores, e já pensou unir isso??!! Criatividade+Empreendedorismo= negócios criativos

Esse é o tema desta palestra que estamos divulgando,  Economia Criativa, com David Parrish, dia 12/05 às 19:30h, na ESPM. ENTRADA FRANCA!!

Não fique fora dessa!



quarta-feira, 27 de abril de 2011

sábado, 11 de setembro de 2010

Não Somos Máquinas!




Há muito que vivemos em nosso dia-a-dia idéias dualistas e fragmentadas, fundamentadas no mecanicismo, onde o Homem é uma máquina separado da natureza.

E como uma boa máquina, nossos relacionamentos passaram a ser objetivos, impessoais, neutros, e a ausência de emoção e o distanciamento afetivo, são as características mais experenciadas e valorizadas.

A competição, a agressividade, a busca do lucro acima de qualquer coisa é que tornaram-se o comportamento ideal. Elegemos como único objetivo de vida a busca de segurança por meio da conquista do poder, status e bens materiais.

O sentimento do sagrado, seja em relação à natureza, ou ao cotidiano das pessoas, está ausente da vida moderna.

Isso aprofundou a separação do Homem com a natureza e com o seu semelhante.

Temos usado o conhecimento com o objetivo de dominar, explorar e controlar a natureza e o próximo, com a pressuposição de que tais idéias são "naturais". Buscamos o poder para defender os próprios interesses e impor aos outros os valores pessoais. Um exemplo, no mundo na moda, são as fábricas de grandes varejistas, localizadas em países subdesenvolvidos, que além de poluírem o meio ambiente sem qualquer restrição, utilizam o trabalho escravo e  infantil. E essas peças chegam até nós, e as compramos a preços baixíssimos, e seduzidos pelos baixos valores, nem nos perguntamos de onde vieram essas roupas.

Todos esses fatos nos indicam que a humanidade está pagando um alto preço pelo desenvolvimento científico, tecnológico e industrial.

É preciso urgente recuperar a visão de totalidade, a visão sistêmica da vida.

Não somos máquina, não estamos isolados do nosso meio, mas intrinsecamente ligados.

Quando olhamos para o mundo a nossa volta, percebemos que não estamos lançados em meio ao caos e à arbitrariedade, mas que fazemos parte de uma ordem maior, de uma grandiosa sinfonia da vida. Fazemos parte do universo. E quando tomamos a real consciência de que nossas ações, por menores que sejam, repercurtem em toda a teia em que estamos ligados, e que a ação de outros também repercurte em nós, começamos a pensar melhor sobre nossas ações.

Por isso, vamos começar adotar atitudes que possam repercutir de uma forma positiva nesta teia da vida, que possam nos fazer despertar, e despertar o próximo, para o sagrado no nosso cotidiano, para um estilo de vida mais condizente com a nova ordem: a sustentabilidade!

Se permita às vezes andar de bicicleta, a pé, pegar carona, dar carona, comer menos carne, reduzir, reutilizar, reciclar, consumir orgânicos, pesquisar, inovar, compartilhar, cooperar, etc, etc, etc... E experimente usar esta frase: Será que eu realmente preciso disso?



segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Iniciativa Hub Curitiba - Por um mundo radicalmente melhor!!


Uma idéia inovadora pode mudar a realidade de muitas pessoas, imaginem o que pode ser feito quando várias idéias inovadoras se juntam e dialogam e se apoiam!!? - Podem mudar o mundo!!

Essa é um pouquinho do que é a idéia do Hub, um lugar que ofereça espaços e serviços para que gente com idéias inovadoras possam acessar recursos, realizar conexões, produzir e compartilhar conhecimento. O Hub é uma organização que já existe em vários lugares do mundo, inspirando e apoiando ideias empreendedoras e criativas, para a construção de um mundo radicalmente melhor!

O projeto do Hub tem a intenção de conectar empreendedores em uma rede permitindo-se crescer, aprimorar-se e desenvolver-se auxiliando uns aos outros, e que tenham no Hub o ambiente e os recursos adequados para o desenvolvimento de suas ideias.

E por acreditar (e desejar) que Curitiba merece um lugar como este, é que criou-se a Iniciativa Hub Curitiba. Pois nós, com nossos sonhos e idéias, podemos contribuir para transformar a realidade, não só de nossa cidade, mas do mundo! Neste momento, me vem uma canção a mente, que não poderia ser mais propícia: "Um sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade" (Raul Seixas).

Apoie você também Iniciativa Hub Curitiba!!

Podia virar lixo, mas virou arte!











Federico Uribe é um artista plástico colombiano, que faz arte com aquilo que nós jogamos fora. Ele usa cigarros velhos, lápis, cadarços, teclas de computador, alfinetes, cabos, vinis, clips, uma infinidade de materiais que ganham uma segunda chance nas mãos de Uribe.

Atualmente ele expõe sua obras em alguns museus e galerias da América e da Europa, mas no site você pode conferir muitas delas!

Se encante e inspire-se!



quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Campanha por mundo sustentavel!!

Sustentabilidade, essa é uma palavra muito em voga atualmente, muito se ouve, se lê, se fala e pouco realmente se sabe. Pois, se sairmos na rua perguntando o que é sustentabilidade, quantos saberão responder??! E se perguntarmos, quantas atitudes sustentáveis você toma diariamente? Será que saberemos o que dizer? Será que teremos o que dizer??

 O mundo nunca precisou tanto da sustentabilidade como agora, e temos que saber que isso não depende somente do governo, das grandes empresas ou de nós, mas depende de todos, do trabalho conjunto.

Quanto a nós, consumidores deste planeta, podemos fazer a nossa parte com atitudes simples, este link , nos mostra as pequenas atitudes que podem fazer a diferença. Com certeza será inspirador!!

Abaixo segue o link de um vídeo da The Natural Conservancy, uma campanha por um mundo sustentável! que foi a inspiração para este post, e pode inspirar você também!


terça-feira, 3 de agosto de 2010

Goma Oficina!!


Conhecemos no Mercado do Beco, o pessoal da Goma Oficina! Um trabalho fantástico!!!
Transformam lixo em encatamento! cheios de criatividade essa galera transforma resíduos sólidos em artefatos e mobiliários.

De acordo com dados expostos no Flickr da Goma Oficina, hoje, menos de 5% do lixo produzido na cidade de São Paulo é reciclado, ou reutilizado. Os únicos responsáveis pela coleta, separação e transformação de materiais reciclados são cooperativas de catadores instaladas em espaços residuais da cidade. A GOMA OFICINA busca elaborar um trabalho artístico em parceria com essas cooperativas. Um exemplo disso é o FAVELED, um painel luminoso feito desses materiais na intenção de causar sensações através de efeitos cinéticos, sempre buscando a relação das artes plásticas com a musica, vídeo e fotografia.

A GOMA OFICINA, coletivo de arte arquitetura e design, pretende fazer uma releitura do desenho, ou seja reinventar o resíduo do design industrial. Alem de elaborar trabalhos de arquitetura, ilustração, design gráfico, arte urbana e animação.